Em feriados normais, o crescimento é de 15% em relação aos dias comuns, mas nas festas de final de ano, o número de tentativas de roubo a residências e negócios quase triplica.

De acordo com levantamento da ADT, empresa líder em Alarme Monitorado 24h no Brasil, entre a primeira e a segunda quinzena de dezembro do ano passado, foi registrado crescimento de 43% nos acionamentos reais dos alarmes da empresa. Já entre a primeira quinzena de dezembro e a primeira quinzena do mês de janeiro, o crescimento no número de acionamentos reais foi de 36%.

Esses dados demonstram como os assaltantes aproveitam o período de festas e o início de ano — quando  as pessoas viajam deixando suas residências vazias ou desprotegidas, e muitos estabelecimentos comerciais ficam fechados – para ampliar as tentativas de roubo. A informação é baseada no histórico de alarmes recebidos na central de monitoramento da ADT. De modo modo geral, os alarmes não chegam a configurar uma ocorrência policial, mas servem de alerta para que as pessoas tomem cuidados especiais nesses períodos.

Para se ter uma ideia dos índices gerais de roubos, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP/SP), do total de roubos realizados no estado nos nove primeiros meses de 2015, em média, 6,80% eram em estabelecimentos comerciais (terceiro da lista) e 2,28% em residências (sexto da lista).

 

Editora do Guia do CFTV